Retrospectiva 2013. O ano da produtividade!

Todo fim de ano é a mesma coisa. A maioria faz um balanço de como foram os últimos 12 meses, e aproveitam para fazer as promessas do novo ano que se inicia. Dietas, mais tempo pra família, e claro, se matricular na academia no primeiro dia útil seguinte!

É claro que por aqui a coisa não é diferente, e no episódio de hoje do Microfonia Web eu vou fazer uma análise de como foi o meu ano profissional traçando um paralelo com a minha vida pessoal! Vamos lá?

E aí gostaram? Acharam que eu fui conservador em 2013? E vocês? trabalharam tanto quanto eu? Quero saber hein. Contem aí nos comentários!

Alguns links bacanas para completar a sua opinião:

Que tal usar o Google+ no lugar do Facebook?

Essa semana eu li na timeline uma notícia que reacendeu uma ideia que eu estava querendo por em prática há algum tempo. A notícia falava que a “gigante de buscas” estava criando e vinculando automaticamente perfil no Google Plus uma vez que você criasse uma conta no Google/Gmail.

Atitude essa que mostra claramente que a empresa visa bater de frente com o Facebook, a rede social mais acessada em 127 países no mundo, também noticiada essa semana!

Por conta disso, choveram postagens e menções sobre o assunto e óbvio as comparações entre as plataformas foram inevitáveis.

Em conversas com alguns amigos sobre esse assunto, dois pontos são sempre levantados quando queremos avaliar as duas redes sociais:

  1. O valor qualitativo das relações entre os amigos;
  2. A quantidade de amigos nas redes e consequentemente, de conteúdo;

Ao mesmo tempo, duas frases sempre estão presentes na argumentação das preferências dos meus amigos:

  1. “O Facebook está virando um Orkut!”
  2. Eu até gosto do Google Plus, o problema é que não tem ninguém lá!

Por causa desses questionamentos eu resolvi fazer um teste com o objetivo de optar usar apenas UMA das duas como a “minha rede social oficial“. Como eu uso o Facebook desde julho de 2007, tenho mais amigos por lá (atuais 652) e conseqüentemente mais interações. Continue reading